Header Ads

Seo Services

Guinness Book : Feira de Santana, guinchos que prestam serviço Municipal é um dos mais caros do Brasil.


O preço cobrado para levar um carro apreendido pela Secretaria Municipal de Transito de Feira de Santana,ao Patio que fica situado na rua das flores nº180 no bairro do papagaio que tem aproximadamente 08 KM do centro da cidade ate la, é motivo de reclamação entre os motoristas. O valor chega a ser, em média, três vezes maior do que o cobrado pelos guinchos particulares da cidade. Apesar do pátio ser administrado por uma empresa que venceu a licitação, os guincheiros credenciados seguem os valores determinado. No entanto, segundo o as pessoas que sofreram apreensão de seu veiculo, não existe a quem reevindicar, deixando assim a empresa prestadora desse desserviço, faça o que querem e bem entendem.
Nessa remoção o veiculo permaneceu aproximadamente 3 horas, e pagou R$ 40,00  pela estadia.
Na época vereador, hoje deputado estadual Ewerton Carneiro (Tom), disse na sessão da câmara , que entraria e assim o fez, com uma ação no Ministério Público Estadual (MPE) contra o Detran (Departamento de Trânsito da Bahia).
o parlamentar questionou os valores cobrados para a remoção de veículos apreendidos em Feira de Santana e os consideram abusivos. Segundo o vereador (Na época), o Estado estava cobrando o valor de R$ 260 para uso do guincho que fazia a remoção dos veículos, e o valor cobrado pelo município quando os carros são rebocados pelos guinchos que servem a o SMT eram de R$ 130.
Vereador Marcos Lima, disse também que fez uma pesquisa e descobriu que as empresas especializadas em guinchos que removem automóveis em pane, por exemplo, varia de R$ 80 a R$ 100. 

O Detran realmente reduziu o valor dos veículos conduzidos pelo guincho do departamento, ao contrario do dos veículos conduzidos pelo guinchos que prestam serviços a SMT em Feira de Santana, o veiculo que for  apreendido ou conduzido ao Patio pela SMT em qualquer lugar da cidade, o proprietário terá que desembolsar o valor de R$ 244,00, lembrando que esse valor é por veiculo, e se ficar 1 hora ou 1 dia pagará R$ 40,00 pela estadia, além da multa e pontos na carteira.

Na época o vereador questionou como estava sendo utilizado o valor arrecadado por estes serviços. “Para onde está indo esse dinheiro? Está sendo convertido em segurança, escolas, moradia? Cabe à sociedade, à população de Feira de Santana falar, se manifestar contra esse absurdo, blitz montadas só para lotar pátio e o Governo arrecadar,não vou me calar diante de uma situação dessa. Apresentamos e temos, com certeza, no Ministério Público promotores preocupados, que realmente fazem um belíssimo trabalho e vão fiscalizar. O interessante é que existem blitz com distância de 200, 500 metros do pátio e o valor do guincho é o mesmo R$ 260,00, mais diária de R$40,00. Você paga hoje, mas não pode liberar o carro no mesmo dia. E, se você chegar depois das quatro horas da tarde, não pode retirar o veículo”, disse o vereador Tom, autor juntamento com o vereador Marcos Lima, da ação contra o Detran.

O que a população espera é que os mesmos vereadores tomem as mesmas atitudes que tomaram diante do absurdo que o Detran  juntamente com os seus guinchos de preços exorbitantes estavam fazendo com o povo de Feira de Santana, que eles venham agir da mesma maneira com a SMT e a empresa prestadora de serviço responsáveis pelos guichos de remoção. 


Nenhum comentário